Notcias

UMA HISTRIA QUE
HARMONIZA SUCESSO
E UNIO

Cooperativa investe na ampliao de boas prticas ambientais

Processos produtivos e estrutura do parque fabril permitem elaborar bebidas de excelência sem abrir mão da sustentabilidade

Gera economia. Aumenta eficiência produtiva. Constrói uma imagem institucional favorável. Engaja a equipe no exercício da cidadania. Pratica a responsabilidade social – a lista de contrapartidas positivas que motivam uma empresa a investir em boas práticas de gestão ambiental é extensa e recompensadora. Por isso o compromisso com a sustentabilidade está cada vez mais intrínseco nos hábitos corporativos.

 A Cooperativa Vinícola Garibaldi é exemplo dessa postura: aposta em soluções para otimizar os processos produtivos no parque fabril localizado em Garibaldi, na Serra gaúcha, e elaborar bebidas com qualidade internacionalmente reconhecida sem abrir mão dos cuidados com o ambiente. Diversas são as ações realizadas nos bastidores da vinícola que refletem esse pensamento. Entre elas está o reaproveitamento de cerca de 80% da água tratada na Estação de Tratamento de Efluentes (E.T.E.), que tem como destino as torres de resfriamento; separação e destinação de resíduos conforme sua classificação (parte deles encaminhada a recicladores); gás natural como combustível para caldeiras (a primeira vinícola do país a utilizar essa fonte de energia considerada mais limpa) e parte do telhado com policarbonato, gerando economia de energia elétrica. “Também apostamos na troca de hidróxido de sódio por hidróxido de cálcio na E.T.E, o que proporcionou melhor eficiência no processo de tratamento, facilitou a operação e garantiu economia em produtos químicos”, acrescenta o gerente de produção Jorge Cattani.

  “As boas práticas ambientais começam com medidas simples, como a impermeabilização dos pisos, que facilita a limpeza e gera economia de água e produtos, e chegam a investimentos em tecnologia, maquinário e tanques, que permitem aumentar capacidade produtiva e eficiência, resultando em economia de recursos naturais”, explica Cattani. Outro destaque é a utilização de garrafas até 22% mais leves, gerando menor consumo de material, energia e processos de transporte. A vinícola detém certificado de energia renovável e, seguindo essa perspectiva, está prevista a instalação de painéis de energia solar no primeiro semestre de 2019, visando fontes renováveis e com menor impacto ambiental.

 Sustentabilidade do vinhedo à taça

Além de vinhos, espumantes e sucos de uva elaborados pelos métodos tradicionais, a Cooperativa Vinícola Garibaldi conta com uma linha de bebidas orgânicas (vinho tinto e suco de uva integral), voltada para consumidores que preferem produtos com apelo mais saudável – um projeto que iniciou ainda em 2001. Outro destaque da marca são os produtos da linha biodinâmica Astral, única brasileira com certificação internacional. O espumante a o suco de uva integral Astral são produzidos a partir de técnicas que respeitam o equilíbrio entre a natureza, o homem e o universo. “O grande diferencial está na busca pela harmonia entre os reinos humano, animal, vegetal e mineral, potencializada pela influência dos astros. Assim, os cuidados começam nos vinhedos, respeitando o ambiente; passando pelo zelo com as videiras e chegando ao processo de vinificação, resultando em bebidas com mais vitalidade”, explica a engenheira agrônoma Lara Silvestrin, responsável técnica pelo projeto de viticultura biodinâmica e orgânica.

 

> VER TODAS

< Voltar

54 3464 8100