Suco de Uva e Saúde

Você sabia que o suco de uva é tão bom quanto vinho para o coração?

BORDEAUX, França, 2 de Outubro (UPI) – Pesquisadores na França descobriram que o suco de uva Concord causou o relaxamento das artérias, de maneira similar ao causado pelo vinho tinto.

Dra. Valerie Schini-Kerth e um grupo de pesquisadores da Universidade Louis Pasteur de Estrasburgo, França, verificaram que o efeito benéfico proveniente do suco de uva Concord durou mais que 6 horas, algo que não ocorreu com o vinho tinto.

A descoberta, apresentada no congresso Vinho e Saúde, em Bordeaux, também mostrou que são os componentes da uva, e não o álcool, os responsáveis pelo efeito benéfico ao coração.

Os pesquisadores disseram que o suco de uva de Concord estimulou a produção de Óxido nítrico nas células endoteliais, causando um efeito de vaso-dilatação. Óxido Nítrico é uma substância importante no metabolismo do organismo, atuando na manutenção de vasos sanguíneos saudáveis e flexíveis, colaborando para a manutenção de uma adequada pressão sanguínea, relata a dra. Schini-Kerth.

Esta pesquisa reforça trabalhos realizados anteriormente que indicavam que o suco de uva tinha a propriedade de diminuir a pressão sanguínea, dizem os pesquisadores.


Saúde do suco de uva

A história da elaboração do suco de uva começou nos Estados Unidos, na cidade de Vineland, New Jersey, em 1868. Aplicando as idéias de Louis Pasteur na elaboração de uvas Concord, um grupo de religiosos pôde fazer um "vinho não fermentado sacramental" para uso em sua igreja. Tamanho foi o sucesso que, em 1893, o suco de uva era a bebida favorita nos Estados Unidos.

A partir de então, este grupo de religiosos deu atenção especial ao potencial do produto e, em 1897, foi instalada a primeira planta para a elaboração de suco de uva na cidade de Westfiel, em Nova York, com uma produção de 300 toneladas métricas de uva.

Do momento de sua criação até os dias de hoje, a busca do equilíbrio entre o teor de açúcar e acidez é premissa básica para se produzir um suco de uva de boa qualidade. A uva Concord é a variedade mais utilizada para sua produção no mundo por possuir tal equilíbrio. No Brasil, as variedades mais utilizadas são as da espécie Vitis labrusca (Concord, Isabel e Bordô). Atualmente, cerca de 10% da produção de uva do país é utilizada na elaboração de sucos.

Por ser uma mistura aquosa de vários hidratos de carbono, ácidos orgânicos, antocianinas e outros compostos responsáveis pelas características olfato-gustativas, a qualidade do suco de uva pode ser descrita por sua composição química: a cor se deve as antocianinas, a seus glicosídeos e produtos de condensação; o sabor se deve aos ácidos, açúcares e substâncias fenólicas; e seu aroma é uma mescla de distintos metabolitos secundários voláteis em pequeníssimas quantidades.

Esta composição difere muito pouco da composição do fruto. Além de água, constituinte maior, o suco de uva apresenta um elevado teor de açúcar, o que lhe garante o sabor doce e lhe atribui característica de bebida energética. Os dois açúcares predominantes são: a glicose e a frutose em partes aproximadamente iguais. O ácido tartárico, málico e cítrico determinam principalmente sua acidez. O pH que estes ácidos orgânicos lhe conferem é baixo e se situa entre 2,90 e 3,43.

Ainda, segundo a legislação brasileira vigente, é uma bebida que pode se apresentar límpida ou turva extraída da uva através de processo tecnológico adequado, não fermentado, não alcoólico, de cor, aroma e sabor característicos, submetido a tratamento que assegure a sua concentração e apresentação até o momento do consumo.

Aliado às características organolépticas e valor nutricional, o suco de uva pode contribuir na dieta alimentar, pois em sua composição estão todos os constituintes principais do próprio fruto: açúcares, ácidos, substâncias minerais, vitaminas e compostos fenólicos. Pode-se dizer também, que é uma bebida diferenciada tanto no aspecto energético quanto terapêutico e de fácil digeribilidade, sendo seus componentes facilmente assimiláveis pelo organismo humano. Uma dieta rica em suco de uva pode diminuir o risco da doença de Alzheimer e outras doenças, de acordo com a pesquisa realizada pela Glasgow University, que executou os primeiros estudos sobre os benefícios dos antioxidantes. Resultados mostram que o suco de uva elaborado com uvas Concord e outras Vitis labrusca contem faixas elevadas e amplas de polifenois. Tem elevada capacidade antioxidante, igual que o verificado nos vinhos tintos em geral.

Seu valor encontra-se no equilíbrio de seus constituintes, o que reforça sua ação recíproca. O suco de uva pode ser usado como complemento dietético e, como não possui álcool, é extremamente adequado para crianças e jovens. Também pode ser uma excelente fonte de energia para pessoas que precisam estimular a concentração na escola ou no trabalho, para desportistas e, principalmente, para aqueles que desejam uma vida saudável.


Conheça os mais de 30 benefícios

A tradição atribuiu ao suco de uva as mais elogiosas expressões como : sangue vegetal, leite vegetal e seiva viva. O suco de uva contém mais calorias que o leite, uma certa analogia que pode ser levada mais longe; a composição do suco de uva mostra surpreendentes semelhanças com a do leite materno. é pois, um alimento privilegiado para os períodos de "reconstrução" da fadiga, da anemia, da convalescença.

O açucar do suco de uva é composto por glicose e frutose, é diretamente assimilável, não exige nenhum esforço aos órgãos digestivos, é por tal razão aconselhável para a alimentação dos doentes atacados por febre.

Do ponto de vista terapêutico trata-se de um dos mais preciosos sucos. O suco de uva é estimulante das funções hepáticas, constituindo mesmo a base de remédios farmacêuticos para o fígado (esta função é desempenhada não apenas pelo suco, como também, pela uva e folhas de parreira).

Por ser alcalinizante (combate a acidez sanguínea), é indicado à pessoas intoxicadas pelo excesso do consumo de carne. O suco de uva é um valioso estimulante digestivo pois acelera o metabolismo, eliminando de seu organismo o ácido úrico, causador da fadiga. Além disso, ele ajuda a restabelecer o equilíbrio ácido-alcalino do organismo, necessário para um fornecimento constante e prolongado de energia.

Sucos naturais são formas saborosas de superenergizar seu corpo com energia rápida. Os sucos naturais contém nutrientes específicos não encontrados em alimentos cozidos e ajudam a proporcionar uma energia fantástica.

O tratamento com suco de uva é utilizado nas dietas d desintoxicação, pois:
- melhora o estado da maior parte dos doentes;
- regenera as células do fígado e dos rins;
- purifica o sangue;
- a ação laxativa poderosa, mas suave da uva, limpa o intestino de suas fermentações putrefativas;
- é depurativo e renova o plasma do sangue.

A sua riqueza em vitaminas e sais minerais confere-lhe poder no combate a várias doenças, entre elas:
- Aperiente peitoral, anti- escorbútica, reumatismo, gota, artrite, hipertenção, prisão de ventre, anemia, hipercolesteroemia, depressão, eczema e hepatite. Além disso é diurética, tônica, reconstituinte, ativadora das funções intestinais, vitalizante, mineralizante, antiinflamatória, calmante e adstringente. Por seu alto teor em sais de ferro, o suco de uva é aconselhado no tratamento da anemia. Pelos inúmeros fermentos que contém, a uva favorece a mudança da flora bacteriana do intestino, sendo indicada nas perturbações grastrointestinais.

Beneficia todo o aparelho digestivo, combatendo a dispepsia, as flautulências, a atônia intestinal e as fermentações. Deve-se tomar vários copos ao dia para fins terapêuticos.

Alguns estudos indicam uma baixa incidência de câncer nas regiões da França onde a monodieta de uva é feita uma vez por ano.

Em casos de câncer, obesidade e/ou desintoxicação recomenda-se a dieta de uvas ou sob a forma de suco de uva durante três dias: no primeiro dia consome-se 1 kilo de uvas ou suco de uva. As frutas devem estar bem maduras e isentas de produtos tóxicos. Pode-se aumentar a quantidade até 3 kilos por dia, distribuída em 6 a 8 refeições ao dia. Esta dieta só poderá ser feita sob supervisão médica.

Para manter as artérias jovens, tome suco de uva rubi diariamente. Pesquisas realizadas na Universidade da Flórida revelaram que as substâncias químicas encontradas nas uvas ajudam a dilatar a artérias e, consequentemente, podem reduzir a pressão sanguínea.

O segredo das uvas e do suco de uva no combate ao envelhecimento é simples e poderoso, as uvas contém 20 antioxidantes conhecidos, que funcionam em conjunto para combater os radicais livres que promovem as doenças e envelhecimento, de acordo com pesquisadores da Universidade da California, em Davis. Os antioxidantes encontram-se nas cascas e sementes e , quanto mais vibrante for a casca, maior o seu poder antioxidante. Isoo significa que as uvas vermelhas e roxas e o suco de uva roxo são os mais poderosos. A uva vermelha possui alto teor de antioxidante quercetina. A casca da uva contém resveratrol, que comprovadamente inibe o agrupamento de plaquetas e aumenta o colesterol LDL e dilatam os vasos sanguíneos.

De fato, testes realizados na Universidade de Wisconsin revelaram que três copos de suco de uva roxa e um copo de vinho tinto tem igual efeito anticoagulanyr nas artérias.

A quercetina, um antioxidante, encontrado em abundância também na cebola e em alguns chás, parece ser um dos principais componentes anti-envelhecimento das uvas.

Tomar pequenos goles é melhor do que engolir o suco todo, pois pequenos goles corretamente salivados, evitarão distúrbios digestivos. Além disso, o efeito energético será maior.

O suco de uva deve ser consumido isoladamente e não quando se consomem outros alimentos, para que s eaproveitem todas as suas qualidades nutritivas.

Sob o aspecto nutricional, os principais constituintes do suco de uva são: água, açucares, ácidos orgânicos, sais minerais, vitaminas, substâncias nitrogenadas, compostos fenólicos e pectina.

Minerais
O que pode fazer por você: Eles são vitais para nossa saúde. Sem eles, o corpo não poderia atingir um estado normal de saúde. Os minerais geralmetne funcionam em parceria com as vitaminas, ajudando-as a chegar mais depressa nos lugares onde são necessárias. As vitaminas também fazem o mesmo pelos minerais. Eles protegem as células e fazem dentes e ossos fortes e pele saudável. Eles tem papel importante na pressão sanguínea, no funcionamento perfeito do coração, na recuperação de ferimentos, nas funções musculares, no equilíbrio dos fluídos, no sistema reprodutor e muito mais. O álcool, o fumo, o cozimento de vegetais, carnes e comidas processadas, podem causar esta deficiência. A seguir, relacionamos os principais minerais encontrados no suco de uva e suas descrições.

Potássio
O suco de uva é rico em potássio, um sal mineral que reforça as reservas alcalinas do corpo, ao mesmo tempo que estimula o funcionamento dos rins e regula as batidas do coração. O potássio, juntamente com o sódio, regula a quantidade de água no organismo e transporta os nutrientes da corrente sanguínea para dentro da célula. Excesso de açucar, diuréticos, laxativos, sal em excesso, álcool e stress podem tornar etse precioso mineral deficitário. Após o consumo de suco de uva, a excreção da urina, atinge, muitas vezes, o volume superior à quantidade ingerida. Os sais de potássio, em geral são citados como a causa desse fenomeno.

Ferro
O ferro é essencial à vida. Produz hemoglobina, a mioglobina e certas enzimas. O ferro ajuda no crescimento, previne a fadiga e defende o organismo contra doenças. O ferro é o mineral que ajuda a vitamina B a ser mais bem aproveitada pelo organismo.

Magnésio
O magnésio tem a propriedade de relaxar nervos e músculos. Conhecido como o mineral "anti-stress", ele também influencia no relaxamento dos nervos. Ele converte o açucar do sangue em energia. Este mineral auxilia nosso organismo a aproveitar a vitamina C, o cálcio, o fósforo, o sódio e o potássio de maneira eficiente. O magnésio ajuda a manter dentes sadios e dá alívio temporário à indigestão.

Cálcio
Este mineral é vital à nossa saúde. A falta de cálcio pode causar aredução na estatura, perda de dntes, dor nas costas, ossos porosos sujeitos a fraturas, agitação, depressão, hipertensão, insônia e palpitação. O cálcio mantém os dentes fortes e ajuda o corpo a utilizar o ferro. O stress, a falta de exercícios, os antibióticos, as aspirinas, os óleos minerais, o excesso de consumo de gorduras, além de outros fatores, podem causar a deficiência de cálcio no organismo.

Manganês
Ajuda a nutrir o sistema nervoso, o cérebro e a regular as funções musculares, é importante para o metabolismo de proteínas e lipídeos, à saúde dos nervos, do sistema imunológico e normalização do nível de açucar no sangue.

Cobre
Converte o ferro em hemoglobina e é essencial ao aproveitamento da vitamina C pelo organismo, melhora as respostas imunológicas, a resistência ao estresse e as doenças de caráter crônico e/ou degenerativa.

Fósforo
É o segundo mineral mais importante no corpo, e está relacionado com o desenvolvimento do esqueleto, dos dentes, das funções renais, nervos e características genéticas. É importante para a regularidade do coração.